terça-feira, 15 de dezembro de 2009

La Cinéfilia - Um conto de Natal

terça-feira, 15 de dezembro de 2009
Na semana passada fomos ver o filme Um conto de Natal, que é uma adaptação do clássico de Charles Dickens.

Ebenezer Scrooge é um velho avarento que começa a época de Natal com o seu habitual mau humor, gritando com maus modos ao seu fiel empregado e ao seu alegre e carinhoso sobrinho. Mas quando os fantasmas do Natal Passado, Presente e Futuro o levam numa viagem, reveladora de muitas verdades, que o Velho Scrooge não quer enfrentar, ele vai ter de abrir o coração para apagar anos de ruindade antes que seja tarde demais.

Embora a história seja antiga e já quase toda a gente a saiba, é sempre bom ver um filme assim pois chama-nos à razão para o que é realmente o Natal e qual o seu espírito.

E não, o Natal não são só as decorações, os presentes, nem a correria louca às lojas, nem o consumismo desenfreado.

O Natal é muito mais que isso... embora já quase ninguém se lembre.

Hoje em dia Natal é sinónimo de prendas e de consumismo. No entanto esquecemo-nos que o verdadeiro significado do Natal prende-se com o nascimento de Cristo, que veio ao Mundo com o único propósito de justificar os nossos pecados através da sua morte. O Natal é muito mais que os presentes, as decorações, as correrias. É uma expressão de caridade, é fraternidade, é união, é amor, é bondade.

Claro que ofereço prendas às pessoas de quem gosto, mas tenho sempre presente comigo o verdadeiro espírito natalício, e nunca me esqueço que o Natal não se resume às decorações nem aos presentes.

16 Respostas da Treta:

Ana M. disse...

O Natal é muito diferente de dar prendas, dos costumes de hoje em dia,
cada um tem de saber vive-lo,

Carla Reis disse...

Pois, há muita gente que não se lembra o que é o Natal. Tenho receio de ficar assim porque, infelizmente, o espírito natalício está a desvanecer...

mjf disse...

Olá!
Concordo...
O Natal em si, para mim é uma grand seca:=(((
Tenho de fazer uma serie de fretes....


Beijocas

Just Me...S disse...

Tens toda a razão!!!!

Beijoca doce

Malinha viajante disse...

Para mim, o Natal é muito mais que prendas, com este consumismo exagerado esquecem-se realmente da magia desta época ;)
bjs

Galo disse...

Eu nunca me sinto imbuído do espírito natalício.
O Natal é uma treta.
Não acredito em meninos que vieram ao mundo para nos salvar, senão já nos tinha salvo.
Estou no Natal, mas não estou com o Natal eheheh.

Beijo

MarKekas disse...

É verdade. Quando eu era pucanito até se ouvia dizer mais que era o Menino Jesus que trazia os presentes e não tanto o Pai Natal. Outros tempos..

LopesCa disse...

Excelente :)))

Anjo De Cor disse...

É verdade o natal não se resume só as prendas, as luzes, as enfeites, ao consumismo é muito mais que isso...
Beijinhos o filme deve ser giro ;)

∂αиιιтнα ツ disse...

mas isso é cmo na Páscoa, toda a gente adorava ver a paixao de cristo e eu sou uma ihih

∂αиιιтнα ツ disse...

posso sim, amanha mesmo faço isso, principalmente dos que conheço :)

ergela disse...

Já deste conta nos dias após o Natal,as sobras de comer (porque sempre as hà)que tal dar aqueles que realmente não têm e nunca tiveram um Natal digno de um ser humano, já para não falar na imundiçe de caixas, caixinhas e papel que se acumula nas rua numa gigantesca lixeira.
Beijocas.

Mimo Azul disse...

Muitas pessoas devem mesmo esquecer-se ou nem sabem qual o verdadeiro espírito natalício!
seria mais importante oferecer-mos comida a quem precisa do gastarmos dinheiro em lembranças para amigos e familiares que por vezes até são inúteis... mas mas... tanta coisa havia a mudar nos nossos comportamentos...

mfc disse...

Ser-se solidário é o que conta.
Gostei do teu post.

CG disse...

Acho um disparate o dinheiro que as pessoas gastam nesta época, mesmo quando não o têm.
Big Kisses

Anjo De Cor disse...

Feliz Natal ;)
Mil Beijinhos*

 
Tretas e Afins... © 2008. Design by Blogger